Filhos e Carreira, como aliá-los?

 

work-life-balance1

Filhos, família e trabalho. Nesta Ordem!

Desculpem os mitos à parte, é possível, sim, conciliar maternidade e carreira ao mesmo tempo.

Se não houver o equilíbrio das primeiras, o restante também não existirá em sua essência. Não existe felicidade plena além da “maternidade”. Desculpem os não adeptos a isto, mas só poderíamos abrir uma questão sobre o tema se conhecessem essa vertente.

Uma experiência além de encantadora que desperta sentimentos, desde o mais forte poder até a maior reforma intima, para ser exemplo daquilo que se espera!

E como conciliar a vida de mãe com o trabalho?

Mãe, Esposa e Engenheira de Sistemas

Hoje, aos 34 anos, atuo há 11 anos em desenvolvimento de sistemas, envolvida em diversos tipos de projetos, sou mãe de três filhos e esposa em um matrimônio de 17 anos.

A ideia da maternidade veio bem no início da minha carreira. Decidida a realizar o sonho da maternidade fomos presenteados com a nossa primeira filha conforme nosso planejamento, ainda com 22 anos.

Apesar do foco no trabalho, sempre deixei o lado família falar mais alto, propostas que colocasse a harmonia do lar em check nunca foram analisadas e algumas resultaram em demissão.

A ideia de seguir uma rotina repleta de burocracia dentro de um escritório nunca me agradou, mesmo assim, finalizei a graduação e busquei de alguma forma inovar na profissão. Não aceitava o preconceito das empresas em relação à maternidade. E já omiti ser mãe para conseguir emprego algumas vezes.

– Nunca me vi em casa cuidando dela e, assim, somente trabalhando eu conseguiria me dedicar por inteira a ela e à profissão e me sentiria feliz.

Três anos depois, engravidei do segundo filho. Em meio a uma rotina agitada, com reuniões, planejamento, trabalho voluntário, não abrindo mão do dia do casal, geralmente as sextas-feiras e, no domingo, já iniciava o planejamento da semana seguinte.

E quando planejamento não sai como o esperado? A terceira gravidez chegou 4 anos depois, sem planos, com a noticia após 4º. Mês de gestação, em meio à saúde debilitada, seguimos adiante com coragem, na batalha eu, ela e uma força maior e chegamos na 39ª. Semana “vivas”.

Em todos os momentos da vida há uma prioridade. O importante é não se frustrar com as fases e nem buscar a perfeição.

O equilíbrio é a essência do bem-estar na vida. Gravidez e trabalho não competem em nenhum aspecto, apenas somam e muito.

Desenvolvi novas habilidades, aprendi a ouvir mais e com isto aumentei a minha tolerância para os problemas, a empatia de se colocar no lugar do outro me trouxe cargo de liderança  e o dinamismo em lidar com mudanças de planos passou a ser uma marca pessoal.

E quantas vezes serão necessárias deixar de querer ser SUPER e ser HUMANA? É simples.

Minha meta de vida é ser feliz. Desta forma dinamizo em equilíbrio meu momento de reflexão durante minhas caminhadas, o lazer com minha família onde o hobby escolhido por eles é praia, surf e SUP e a minha profissão naturalmente.

Quando se trata do perfil de uma mulher, entendo o significado da palavra multitarefa.

Eu defendo a simplicidade e o aprendizado. Buscar ser o melhor naquilo que se faz. Por isso sempre busco aprender cada vez mais, estudar e trocar experiências.

 “O Bom êxito na estrutura, mãe, esposa e profissional,  credito 50% das conquistas ao meu esposo. (Peça fundamental em todas as minhas decisões).

Ser ou não ser mãe?

A gente consegue! Ser mãe é incrível !

Anúncios

Isabela Gayno

AgileCoach, Personal Branding Information Technology, Consultora em desenvolvimento de Software, Instrutora, Palestrante e mais importante que todas anteriores “MÃE”. Master e Practitioner em PNL, possui MBA em Marketing Digital e Redes Sociais e Pós- Graduação em Engenharia de Software. Com mais de 15 anos de experiência, atuando 7 anos com Transformação Ágil dentro das organizações, sente-se extremamente desafiada com o tema de engajamento e desenvolvimento de times, onde vivencia a liderança sempre favorecendo um ambiente criativo, cooperativo e comprometido para os resultados da empresa. Dedica-se àquilo que chama de efeito multiplicador, como escritora, autora, colunista do Ti Especialista, ProjetoseTI e Agile Momentum. “Conhecimento bom é conhecimento compartilhado”

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s