Ser feliz é uma escolha

10011308_641856192552724_618921703_npor Richard Batista

Quando criança queremos ser super heróis, queremos ter poderes ou queremos ser como nossos pais. Com o passar do tempo perdemos essa essência lúdica, e encaramos a realidade do dia a dia.

Buscamos o sucesso o status e muitas vezes confundimos o bem estar com valores a serem ganhos.

Segundo a pirâmide de Maslow, nossas REALIZAÇÕES PESSOAIS  aparecem em primeiro lugar , seguida por ESTIMA, SOCIAIS, SEGURANÇA e FISIOLÓGICAS.

Ou seja para alcançar esse status de plenitude o bem estar financeira não surge em primeiro lugar.

Com o passar dos anos nos tornamos números para as empresas, peças de xadrez que podem ser movimentadas e excluídas a qualquer momento, sendo substituídas em novas jogadas.

Porém nos como seres pensantes e que buscam estar em evolução não devemos nos deixar absorver por esta idéia.

A cada dia ficamos presos com os aumentos no preços e a redução nos salários fazendo com que buscamos mais e mais, e esquecendo de coisas simples na vida.

Muitas vezes esquecemos principalmente de nós, de nossa saúde, do nosso corpo, nossas crenças e valores. Esquecemos a essência do ser, deixamos de lado nossos sonhos em ter super poderes em sonhar, em sermos pessoas felizes. Deixamos nossa família e amigos de lado sendo que eles são as pessoas mais importantes para qualquer trajeto na vida.

Sendo assim diplomas e carreira se tornam conseqüência de uma base solida, baseada em família, amigos, princípios, virtudes, ética, moral e outros adjetivos.

Até agora divaguei sobre família e muito que são a base do crescimento pessoal que resultam no profissional mas o que é felicidade?

Segundo Daniel Gilbert, professor de psicologia da Universidade de Harvard, que estuda a felicidade há mais de duas décadas, conceitua a sensação de bem-estar: “É difícil dizer o que é, mas sei quando eu a vejo. É simplesmente se sentir bem”. Em suas pesquisas e livros sobre o tema, Gilbert mostra o que teimamos em não perceber no dia-a-dia: a felicidade não é uma sensação eterna, é um estado de êxtase, daqueles que se atingem nos momentos de extremo prazer.

Então vamos nos preocupar menos e relaxar mais, vamos correr atrás de um novo emprego de ascensão profissional, mas vamos correr uma maratona, vamos ter reuniões de negócios e mais encontros em família e amigos. Vamos nos ver mais em momentos alegres e não somente na tristeza, mas que um choro se torne um sorriso. Assim me ensinou um menino grande que soube viver isso.

Vamos formar nossa própria pirâmide de necessidades, mas sem esquecer nossa base, nossas raízes.

Sim que venham muitos diplomas, livros e teorias mas sem esquecer a vivencia, lembrando que o melhor livro é aquele que escrevemos sobre nos e será o nosso legado um dia.

Se felicidades são momentos e não algo continuo, vamos criar estes momentos. Lembra de quando você era criança, onde um carrinho, boneca, uma brincadeira, uma aventura no quintal era o bastante para fazer sorrir.

Até mesmo os grandes executivos exercitam isso, independente se usam milhões, ou buscam em retiros espirituais, ou ate refazendo seu caminho de crescimento olhando para trás e buscando a sensação de missão cumprida.

Lembre-se somos responsáveis pela nossa historia, não será uma maquina que dirá o que vamos fazer, afinal possuímos o livre arbítrio, podemos ir e vir e somos responsáveis por nossas decisões.

Não serão campanhas publicitárias que vão dizer o que comer ou vestir elas só mostram um leque de opções porém nós somos responsáveis por aquilo que usamos.

Que tal, correr amanhã no parque, andar de bicicleta, ligar para um velho amigo ou simplesmente desejar bom dia ao cobrador de ônibus, ao vizinho no elevador.

Quando lhe disserem que você não é capaz, seja maior que isso, afinal um dia você acreditou que poderia mudar o mundo com super poderes, então por que isso não é possível agora?

Richard Batista
Richard Batista
Richard cursou comunicação na Universidade Paulista e atualmente esta finalizando Gestão em Processos Gerenciais pela FMU.
Atualmente atua como desenvolvimento de produto e marketing no segmento de cama, mesa e banho auxiliando no  desenvolvendo linha convencional e licenciados como, Patati Patata, Luan Santana, Thor, Capitão América, Vingadores,Disney, UFC, Angry Bird, Angel Cat Sugar e CBF copa 2014.
Representa empresas ligadas a comunicação, como agências, freelancers, gráficas e indústrias gráficas, atuando como atendimento e planejamento.
Richard busca estar em constante evolução.
Twitter: @_richardbatista

Conheça outros colaboradores do Agile Momentum aqui!

Anúncios

3 comentários

  1. Fico orgulhosa de conhecer você Richard, pois você é uma daquelas pessoas que emana uma energia boa sabe ?!
    Seu Texto foi simples, porém ele conseguiu dar sentido a minha aos meus anseios e medos. Obrigada por compartilhar =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s